domingo, 27 de setembro de 2009

"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."
(Clarice Lispector)
PS: Pensamento cedido pelo sempre estimado Prof. Arrovani.

sábado, 26 de setembro de 2009

Dúvida

Qual a teleologia dos
pontos de exclamação???
Pontuo a minha própria vida. Alguns homens aceitam isso.
Vivo em ponto de exclamação, pois tenho a alma dionisíaca.
Vivo desesperado. O ponto de exclamação é um meu gancho.
Não posso perder a capacidade de me assustar,
de me revoltar, de me chocar com aquilo que de fato é importante.
O ponto de exclamação é a minha marca de nascença...

Cheiro

Minha cama, teu corpo,
minhas mãos:
andiroba!!!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O Banquete

Eu quero que você me toque...
Eu gosto quando você me toca...

domingo, 20 de setembro de 2009

Lixo de existência...
Lixo da minha existência...

sábado, 19 de setembro de 2009

Você coloriu meu mundo com azul...
"E NINGUÉM É EU E NINGUÉM É VOCÊ.
ESTA É A SOLIDÃO."
(CLARICE LISPECTOR)

domingo, 13 de setembro de 2009

Sabonete

...e em cada banho poderei
agora sentir o calor de sua pele,
sem ter de mendicar
por teus abraços.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Sutilmente

E quando eu estiver triste,
simplesmente me abrace...